Como proceder em caso de intoxicação acidental

31/08/2017 - 08:42

Picadas de animais, ingestão de substâncias tóxicas e outros tipos de envenenamento são comuns em pets
COBRAS, ARANHAS, ESCORPIÕES, SAPOS E LACRAIAS INTEGRAM A LISTA DE ANIMAIS QUE MAIS CAUSAM ACIDENTES EM CÃES E GATOS | Wi

COBRAS, ARANHAS, ESCORPIÕES, SAPOS E LACRAIAS INTEGRAM A LISTA DE ANIMAIS QUE MAIS CAUSAM ACIDENTES EM CÃES E GATOS | Wi

Acidentes domésticos com cães e gatos são comuns, perigosos, muitas vezes mortais. Segundo Carla Storino Bernardes, veterinária da Cobasi, de São Paulo, infelizmente o socorro de pets para tais acidentes é corriqueiro no aten-dimento em clínica. “Qualquer tipo de envenenamento é considerado grave, mas varia de acordo com o veneno envolvido, quantidade, espécie, tempo de socorro, reação individual de cada pet e órgão atingido pelo veneno”, especifica. 

Para identificar intoxicação Carla lista alguns sinais que indicam que o pet sofreu algum acidente desse tipo. São eles: perda de equilíbrio, salivação seguida ou não de vômito, diarreia, apatia (sem resposta a estímulos externos), tremores musculares que podem progredir à fraqueza muscular, sangue na urina ou nas fezes e, em quadros mais severos, convulsões. A seguir, veja os principais tipos de intoxicação em pets e como agir caso seu animal seja acometido por algum deles.

 

Saiba mais adquirindo a edição 459 da revista Cães & Cia.

https://www.editoratopco.com.br/loja/caes-e-cia/categoria