Coprofagia

Quando não ficamos de olho na minha Shih Tzu de 8 meses, ela come o próprio cocô depois de evacuar. Como acabar com o problema? Isso pode ser causado por vermes? Carolyn Walther, Gramado, RS.

 

Carolyn, o hábito canino de comer as próprias fezes chama-se coprofagia e tende a ser mais comum em algumas raças, entre elas o Shi Tzu. Cães saudáveis podem se alimentar tanto das próprias fezes quanto das fezes de outros animais. Isso acontece porque as fezes ainda contêm nutrientes que não foram digeridos. Claro, como esse comportamento enoja e desespera os donos, tem de ser modificado.

O hábito também pode surgir por carência nutricional. Alguns dos possíveis motivos são dieta de restrição calórica, má digestão, má absorção dos nutrientes, algum medicamento, problema em glândula (endocrinopatia) e verminose. Um veterinário pode verificar se está tudo bem com o seu cão e orientar você quanto à necessidade ou não de trocar de ração, de oferecer alimentos para ajudar a digestão, de fazer vermifugação ou de usar um medicamento específico para a coprofagia.

Ansiedade do cão, como quando é deixado sozinho ou em ambiente pequeno e inadequado, também pode estimular o hábito de comer fezes, até como forma de passar o tempo. O cão pode ainda fazer isso por imitação ou para chamar a atenção quando o dono tem preocupação excessiva em recolher as fezes ou dá muita bronca ao ver que as necessidades foram feitas fora do local correto.

Para reeducar a sua Shih Tzu, prenda-a num local onde ela não costuma urinar e defecar. Leve-a ao “banheiro” em intervalos regulares e, quando ela evacuar no local correto, premie-a com um petisco enquanto a atrai para fora do recinto, desviando a atenção dela das fezes. Não permita que ela tenha acesso às fezes e, ao mesmo tempo, não demonstre interesse por elas. A limpeza é feita em seguida, quando o cão não está presente. Claudia Terzian, adestradora e comportamentalista da Cão Cidadão,  (www.caocidadao.com.br).