Vai viajar com seu pet nas férias? Confira 5 dicas imperdíveis!

Categoria: Convivência

Autor(a): agência NoAr | Colaborador(es): Jornalismo TopCo | Cidade: Campinas | 05/12/2017 - 10:44

Veja como transportar o animal, escolher um hotel pet friendly, e ter acesso a pet shops e clínicas no período de férias
iStock/ Wavebreakmedia

iStock/ Wavebreakmedia

Confira 5 dicas para viajar com seu pet nas férias

Com as férias chegando, os tutores começam a se preocupar com a melhor forma de viajar com seus animais de estimação. Pensando em facilitar os preparativos para as férias e visando o bem-estar dos pets, especialistas dão algumas dicas para fazer uma boa viagem sem estresse e em segurança .

Como transportar seu pet?

Avião: Se a viagem for de avião é importante conhecer as regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), além das normas da companhia aérea. Para viajar com seu pet é necessário levá-lo numa caixa de transporte confortável, comprovar que todas as vacinas estão em dia e apresentar um atestado do veterinário afirmando que seu animal está apto para realizar a viagem. Dependendo do tamanho do pet é permitido que ele faça a viagem junto com o tutor na cabine, porém animais grandes precisam ser transportados no bagageiro do avião.

Carro: Para viajar de carro com seu animal de estimação é necessário que ele esteja preso por cinto de segurança específico para pets ou dentro da caixa de transporte. Para animais pequenos existem também assentos específicos que ficam fixados ao cinto do automóvel. Se possível, faça pausas na viagem para o pet descansar, beber água e fazer xixi.

O que deve ter na mala dos cães e gatos?

O tutor não pode esquecer a carteira de vacinação e o atestado fornecido pelo veterinário. Leve também o bebedouro e comedouro do pet, se possível coloque a cobertinha e a caminha na mala, pois dormir onde ele já está acostumado pode facilitar a adaptação. Ração, medicamentos, roupas, coleira e itens de higiene pessoal também são essenciais. Tenha uma etiqueta de identificação para seu pet e lembre-se do brinquedinho preferido dele.

Como encontrar locais pet friendly?

Nem todos os hotéis aceitam os animais de estimação como hóspedes, então reserve com antecedência o local das férias para não ter transtornos. No Brasil já existem diversos estabelecimentos onde os cães e gatos são bem-vindos, mas é necessário verificar as normas desses locais, já que alguns não permitem a presença dos pets em todos os ambientes. Em outros, há exigência do uso de coleira em tempo integral. O ideal é escolher um hotel totalmente pet friendly, que não restrinja a diversão do seu pet. Não sabe onde encontrar? Use o Guia Pet Friendly (www.guiapetfriendly.com.br) - que mostra dicas de hotéis, restaurantes e até cabelereiros onde os animais são bem vindos.

Como localizar pet shops e veterinários?

Encontrar pet shops, clínicas veterinárias e outros prestadores de serviços para pets longe de casa não é tarefa fácil, porém a tecnologia pode ajudar. O Pet Booking (www.petbooking.com.br) é uma plataforma que encontra o estabelecimento mais próximo e está disponível através de site e aplicativo para IOS e Android. Se durante a viagem, o seu animal de estimação precisar de banho, tosa, consulta veterinária e até day care, o Pet Booking localiza o serviço e ainda permite o agendamento e pagamento online. 

Tome cuidado com as altas temperaturas

As férias de fim de ano costumam ser ensolaradas e muito quentes, então é preciso ter atenção redobrada com a saúde do animal. O tutor deve evitar exposição ao sol entre 10h e 15h, já que nesse período há maior emissão de raios UV, que podem causar queimaduras nas patinhas e câncer de pele. Uma dica importante é usar filtro solar especialmente nos pets que têm a pele rosada, pelos claros e/ou pouco pelo. Além disso, vale ficar de olho nas piscinas, pois cachorros são ótimos nadadores, mas precisam ser supervisionados na hora da diversão para evitar qualquer acidente.

(veja também o que fazer com cães que têm medo de fogos de artifício das festas de fim de ano clicando aqui)