Treino para cães grandes que puxam a guia

Categoria: Comportamento

Autor(a): ANDRÉ BARRETO | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas/SP | 18/12/2017 - 16:30

Aprenda a adestrar cães grandalhões para que se comportem durante o passeio
iStock/cynoclub

iStock/cynoclub

Tem receio de passear com seu cão de porte grande ou gigante?
 

Ao contrário do que alguns podem pensar, a técnica para adestrar cães maiores pode ser a mesma que usamos para os pequenos. O que muda no treinamento é apenas o manuseio, alguns cuidados especiais e o uso de acessórios que podem facilitar o aprendizado.

Educar cães grandes é uma questão de guarda responsável, pois seus maus comportamentos são proporcionais ao seu tamanho. O cão de porte grande pode puxá-lo, arrastá-lo e até derrubá-lo durante um passeio. Inclusive, essa é a principal reclamação dos donos de cães grandes. 
 



iStock/ cynoclub


Adultos e filhotes

O ideal é iniciar o treinamento do seu cão enquanto ele ainda é filhote. Quanto menor ele estiver, menos força será necessária para controlá-lo. Além disso, quanto mais novo, menos registros de maus hábitos ele terá. Para educar filhotes serão necessárias apenas uma coleira e uma guia simples. O tamanho da guia deve estar entre 1 metro e 1,8 metro. Guias mais curtas não permitem que o cão fareje o chão durante o passeio e assim ele acaba puxando a guia para conseguir o que quer.


 

Treinamento

O treinamento, seja de filhote, seja de cão adulto, deve ser iniciado em casa ou no quintal. Após criar percursos domésticos e conseguir andar sem ele puxar a guia, passe a treinar em ruas calmas e com poucas distrações. Só quando ele estiver mais acostumado passeie em parques nos finais de semana e em ruas movimentadas.

Dica de exercício: Tenha em suas mãos alguns pedaços do petisco favorito do cão. Coloque a guia e a coleira nele e diga “vamos”, estimulando-o a seguir você. Sempre que ele estiver seguindo você com a guia frouxa, ou seja, sem puxar, clique  e recompense com um pedaço de petisco. Caso ele puxe a guia tentando andar na sua frente, pare e dê dois passos para trás. Repita até que a guia esteja frouxa e então siga em frente. Logo ele irá entender que quanto mais puxar para frente, mais você andará para trás. Em contrapartida, se ele andar sem puxar, poderá seguir caminho e ainda ganhará um saboroso petisco.

Inicialmente, ande em linha reta e, após o cão mostrar sinais de entendimento do exercício, passe a fazer conversões para a esquerda e para a direita.

 



iStock/ cynoclub


Outros problemas durante os passeios

O transtorno muitas vezes não se resume a puxões de guia. Latir em excesso, pular nas pessoas, demonstrar medo e agressividade também são comportamentos frequentemente enfrentados pelos proprietários de cães grandes. Confira nas edições 421, 422 e 423 da Cães & Cia algumas dicas para lidar com esses problemas comuns durante os passeios.