Coprofagia

Minha Biewer de quase 1 ano .Maya.

Minha Biewer de quase 1 ano .Maya.

Veterinário: Consultóres Técnicos 01/02/2017 - 21:56:43

Minha Biewer de quase 1 ano,ingere fezes.Ela só faz isso casa,nunca comeu em outro lugar.Já trocamos a ração,paramos de dar petiscos e até já demos rémedio,mas nada adiantou.Pide ser alguma doença?Ou é só temperamental?

R: A coprofagia é o ato de ingerir fezes, seja a própria ou a de outros animais – copro, em latim, significa "fezes" e fagia, "ingestão". É um comportamento natural e comum em algumas espécies de animais como cães, gatos, insetos e aves. Contudo, não pode ser considerado normal em cães e gatos, pois ele sempre esconde um problema, que deve ser descoberto e tratado. Assim, além do grande desconforto de ver um membro da família adotando uma prática tão anti-higiênica – para a nossa concepção – você deve se preocupar no fato que ela está tentando te mostrar que algo não vai bem. Antes de tudo, é fundamental realizar exames junto a um veterinário para descartar problemas gástricos ou de má-alimentação. Disse que trocou a ração, mas ela é de boa qualidade? Um alimento industrializado (ração) de má qualidade, ou seja, de baixa digestibilidade e fraco valor biológico da matéria-prima pode levar o animal a ficar com fome o dia todo, e as fezes saírem praticamente da forma que entraram, levando-a a se alimentar novamente delas. Descartado esse fator, podemos nos concentrar na causa mais comum da coprofagia: a ansiedade por falta de atividade física ou ambiente enriquecido. Muitas vezes, por não ter o que fazer em seu lar, e ninguém para brincar e gastar energia, o cão acaba transformando suas fezes em brinquedo e ingerindo-as, levando à coprofagia. O melhor a fazer é começar a gastar a energia dela, sair para passear mais, enriquecer o ambiente com brinquedos e o que sempre indico para meus clientes, é ter outro cachorrinho para que eles brinquem durante o dia, nos horários que você não pode dar a atenção que ela necessita e assim gastar energia. Tão importante quanto essas ações é repreendê-la de forma correta. Toda ação sucedida por um agrado será potencializada e, ao contrário, toda a ação sucedida por um efeito aversivo, fará com que esta diminua até a sua extinção. Assim, para corrigir esse mal hábito, as atitudes do tutor são muito importantes. Por exemplo, se você retirar as fezes logo que ela fizer, na frente dela, ela poderá interpretar como uma brincadeira ou disputa e começará a ingerir logo que defeca. Repreendê-la de forma errada também pode fazer com que vire uma interação social, ou seja, na cabecinha dela passaria: “Nossa, que legal, toda vez que como meu cocô minha dona vem correndo atrás de mim para brincar!” Um bom adestrador poderá lhe ensinar várias técnicas para que tudo seja feito de forma correta.   Prof. Dr. Evander Bueno de Lima, clínico geral e especialista em comportamento animal do Hospital Veterinário de Cães e Gatos 24h e autor do livro Guia de Comportamento Canino: O Problema do Seu Cão Pode Ser Você.

Pergunta enviada por: Letícia Machado - Vitória / ES

Perguntas relacionadas

21/03/2015 - 03:06:38