Collie Pelo Longo: Esqueceram de mim?

04/02/2016 - 13:39

A raça da Lassie tem tudo para conquistar mais espaço como cão de companhia “grande e peludo”

“Raven” - AmCh. GrCh. BrCh. PanCh. Milas Lights at Night, do canil Lakefield (foto: Luiz Henrique Gomes Brabo).

“Raven” - AmCh. GrCh. BrCh. PanCh. Milas Lights at Night, do canil Lakefield (foto: Luiz Henrique Gomes Brabo).

A simpatia e elegância do Collie Pelo Longo são inquestionáveis. Afinal, essa é a raça da cadela mais famosa do mundo. “Nascida” em 1938 como personagem de um conto, Lassie atraiu a simpatia de milhões de pessoas. Teve mais de uma dezena de filmes e foi tema de séries de TV, cujas reapresentações continuam mantendo-a famosa. Tanto que em 2005 ela foi o único animal citado no ranking 100 Ícones do Século, da revista semanal norte-americana Variety.
“Ouvir as perguntas ‘É a Lassie?’ ou ‘É uma Lassie?’ continua comum”, reforça Anna Parodi, do Rio de Janeiro, que já teve mais de 40 Collies Pelo Longo. “Como admiradora da Lassie e dos livros do escritor e criador Albert Payson Terhune, em especial Lad: a dog, no qual Lad é um Collie, fui atraída pela inteligência e carisma da raça”, diz Anna. “Mas a docilidade me conquistou definitivamente.”
O Collie é uma versão refinada do Pastor Escocês, selecionada por pelo menos cem anos, informa o padrão oficial da raça, que descreve: “É um cão de grande beleza e que se porta com impassível dignidade.” O padrão elogia também o estilo amigável: “Grande companheiro, simpático, alegre e ativo, bom com crianças e outros cães” e “Amistoso, sem qualquer vestígio de nervosismo ou agressividade”.

Saiba mais adquirindo a edição 440 da revista Cães & Cia. http://www.caes-e-cia.com.br/nossas-revistas/