Você tem ou pretende ter Border Collie?

07/03/2016 - 05:29

Então saiba como criar de forma equilibrada e feliz o cão mais inteligente do mundo e que transborda energia

Lótus, do Canil Herz Der Welt, de Juliana Spezzacatena e  Filipe Kartalian Ayrosa Galvão (foto: Johnny Duarte).

Lótus, do Canil Herz Der Welt, de Juliana Spezzacatena e Filipe Kartalian Ayrosa Galvão (foto: Johnny Duarte).

Lidar com o misto de energia inesgotável e capacidade mental privilegiada do Border Collie é uma das grandes questões para quem convive ou pretende conviver com a raça em casa ou apartamento.
Estamos falando do cão que conquistou projeção internacional como o mais inteligente do mundo, no famoso ranking do comportamentalista estadunidense Stanley Coren publicado em seu livro A inteligência dos cães. Para alcançar essa avaliação, a raça foi a que conseguiu maior pontuação nos quesitos “entender os comandos em cinco tentativas no máximo”, “executá-los sem treino”, “não ser preciso repeti-los em pelo menos 95% das vezes” e “rapidez de execução”.
Como se isso não bastasse, o Border tem características de atleta canino de elite. É capaz de se manter em atividade por muitas horas seguidas, é ágil e veloz – chega a 50 quilômetros por hora nos picos de velocidade. Um Border com condutor numa motocicleta pode conduzir sozinho um rebanho com até cinco mil reses!
“A raça também encanta por estar sempre de bem com a vida”, acrescenta Marcello Alonso, do canil Lord Manske, que cria Borders desde 1999 e já conviveu com mais de 75 exemplares adultos. “Sua docilidade é extrema: abrange desde os animais em geral até pessoas desconhecidas.”
Conheça, a seguir, várias aptidões desse supercão e confira as dicas que melhoram a experiência de conviver com ele. 


Saiba mais adquirindo a edição 441 da revista Cães & Cia.

http://www.caes-e-cia.com.br/nossas-revistas/