Por que ter um Dobermann?

04/10/2016 - 06:14

De porte grande e com forte instinto protetor, esta raça se revela também grande companheira fora e dentro de casa

Cão Ch. Br. VBK Paloma, do canil Coline Kennel

Cão Ch. Br. VBK Paloma, do canil Coline Kennel

No século 19, o alemão Karl Friedrich Louis Dobermann trabalhou para obter um cão extremamente alerta e protetor. Surgiu, assim, a raça que leva seu sobrenome, a primeira exclusivamente de guarda, revelando-se também devotada companheira.
Mas, por que ter Dobermann? Fizemos exatamente essa pergunta a três experientes criadores da raça. São eles Edgard Morales Brito, de Cotia, SP, do canil Weissensee, 40 anos de criação; Nelcy Lima Colares, do Coline Kennel, de Belém, 18 anos de criação; e Daniel Comporto Montero, de Vinhedo, SP, do canil Satisfaction, 15 anos de criação. Ouvimos também a médica-veterinária Laize Polito, de Pedreira, SP, que vive em um sítio com seu marido, Rodrigo, onde tem o Dobermann Gunter, com 23 meses, mais cinco cães e dois gatos. Outro participante é Roney Passarelli, vendedor de Jau, SP,  proprietário com sua esposa Keity da Dobermann Zucker, de 1 ano e 5 meses.
Vejamos o que esse time tem a dizer.


Saiba mais adquirindo a edição 448 da revista Cães & Cia.
https://www.editoratopco.com.br/loja/caes-e-cia/