Empresas pet friendly: emprego dos sonhos

04/11/2016 - 06:43

Conheça quatro diferentes casos de empresas que aceitam pets no ambiente de trabalho no Brasil, os benefícios da iniciativa e como implantá-la com sucesso

Foto: Samia Malas

Foto: Samia Malas

Nos Estados Unidos e na Europa, são comuns as empresas pet friendly.

É o caso do Google, que permite cães no ambiente de trabalho. Mas a iniciativa não é exclusiva: acontece em cerca de uma em cada cinco empresas norte-americanas, segundo a American Pet Products Manufacturers Association (veja em goo.gl/wW24aj).

Os benefícios dessa política estão mais que comprovados. Um estudo de 2012 da Virginia Commonwealth University, por exemplo, detectou redução de estresse nos trabalhadores quando acompanhados por seus cães. A pesquisa foi feita numa empresa com 450 colaboradores e 20 a 30 cães levados por dia ao escritório. Pela presença do hormônio cortisol na saliva e pela própria percepção dos pesquisados, observou-se que o pessoal com e sem cães chegava ao trabalho com níveis de estresse bastante semelhantes. A diferença aparecia no decorrer do dia. Enquanto nos funcionários acompanhados por cães o estresse declinava, nos demais aumentava. E o incremento era significativo no final do dia.

Outra constatação referiu-se aos trabalhadores que já haviam trazido cão. No dia em que vinham sem o animal, sofriam o mesmo aumento de estresse que acontecia com os demais sem pet (veja o estudo em goo.gl/doJBab).

A psicóloga Marília Zampieri, de Campinas, SP, vai além. Explica que os benefícios da presença de animais de estimação nas empresas costumam se estender a toda a equipe, com ou sem pet. “Animais promovem interações mais descontraídas entre os colegas, clientes e visitantes, o que torna o ambiente de trabalho mais agradável”, comenta. Ela menciona que a presença de pets no escritório até motiva funcionários a deixarem de contar os minutos para ir embora. “Os benefícios são obtidos tanto nas empresas que estimulam os colaboradores a trazerem seus pets, quanto nas que adotam um mascote no ambiente de trabalho”, acrescenta.

A seguir, veja quatro exemplos de empresas que praticam política pet friendly de diferentes maneiras. Em comum, todas percebem resultados positivos na iniciativa.


Saiba mais adquirindo a edição 449 da revista Cães & Cia.

https://www.editoratopco.com.br/loja/caes-e-cia/categoria