12 dicas para evitar que roubem o seu cão

04/01/2017 - 10:09

Cães têm sido cada vez mais objeto de desejo dos ladrões. Prevenir que sejam furtados é o melhor remédio, já que a chance de recuperação é pequena

iStock/©LexiTheMonster

iStock/©LexiTheMonster

Não estatísticas oficiais, mas o roubo de cães é cada vez mais comum no Brasil. Sinal evidente da dimensão do problema está no Youtube. Quem digita “roubo cães” no buscador daquele site tem acesso a mais de 30 mil vídeos mostrando cães sendo furtados nas maiores capitais e também no interior. E essa é apenas a ponta do iceberg. A maioria das pessoas cujo cão foi roubado muitas vezes não tem vídeo para postar ou tem a prova do crime gravada por câmera de segurança, mas não se dá ao trabalho de publicá-la.

Ladrões Ousados

A audácia dos bandidos é alarmante. Numa das modalidades, um homem se aproxima correndo pelas costas de uma condutora de cão (mulheres são as maiores vítimas), arranca a guia das mãos dela ou tira o cão à força se estiver sendo segurado, e sai correndo com o animal nas mãos. Outra técnica é a do homem que se aproxima da grade de um portão atrás da qual um cãozinho. Com os braços nos vãos entre os ferros, faz carinho no animal, segura-o firmemente, um jeito de tirá-lo passando-o entre as grades ou por cima do portão e sai às pressas da cena do crime. Além disso, cães de raça têm sido levados como objetos de valor em roubos e assaltos, como é feito com celulares, computadores e eletroeletrônicos. Em todas as modalidades, o alvo principal é o cão de raça dócil, de pequeno porte e caro.

Saiba mais adquirindo a edição 451 da revista Cães & Cia.

https://www.editoratopco.com.br/loja/caes-e-cia/categoria