20 maneiras de ajudar cães e gatos abandonados

24/04/2017 - 09:40

Todos podemos colaborar no combate contra o abandono dos animais, até mesmo quem não tem tempo e está financeiramente apertado. Confira

ANIMAIS ERRANTES: SÃO TANTAS AS MANEIRAS DE AJUDÁ-LOS QUE TODOS PODEM PARTICIPAR DE ALGUM MODO

ANIMAIS ERRANTES: SÃO TANTAS AS MANEIRAS DE AJUDÁ-LOS QUE TODOS PODEM PARTICIPAR DE ALGUM MODO

A publicitária Elis Pedroso, de São Paulo, sempre foi apaixonada por animais. Em 2008, resolveu ir além e começou a agir mais efetivamente em prol dos bichos necessitados. Atuando por conta própria, às vezes para ajudar ONGs e protetores individuais, Elis já participou de diversas ações dife-renciadas. Ela constata que, nestes nove anos, mais de 150 cães e gatos foram contemplados com a ajuda dela. Trata-se de uma considerável contribuição em prol dos animais. Mas trabalho nessa área não falta. Em 2014, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estimava que havia cerca de 20 milhões de cães e 10 milhões de gatos errantes no Brasil. 

A participação do poder público para melhorar o cenário tem evoluído nos últimos anos, impulsionada por alguns políticos e milhares de militantes da proteção animal. Mas, sem a ajuda de cada um de nós, fica difícil acreditar na erradicação do problema. 

Nesta reportagem, investigamos diferentes formas de contribuir para a proteção animal. Detectamos muitas maneiras de ajudar a dar um basta no abandono. Num extremo, algumas ações envolvem comprometimento, tempo e recursos financeiros. Em outro, há aquelas que não requerem nada disso. Se você ainda não teve a oportunidade de começar a fazer a sua parte ou se já atua na proteção animal e gostaria de colaborar mais, certamente encontrará aqui opções que se encaixam nas suas possibilidades. 

Saiba mais adquirindo a edição 455 da revista Cães & Cia.

https://www.editoratopco.com.br/loja/caes-e-cia/categoria