Pointer: disposição, determinação e lealdade

24/04/2017 - 09:51

Da clássica caça por aponte até fazer companhia no seio familiar, das exposições de beleza até as dogs runs, o Pointer Inglês dá um show de aptidões. Veja relatos de quem convive com a raça

Cão: Bali / Proprietário: Matheus Oliveira / Foto: Johnny Duarte

Cão: Bali / Proprietário: Matheus Oliveira / Foto: Johnny Duarte

O nome Pointer (apontador, em inglês) indica, logo de cara, a mais tradicional vocação desse cão: apontar aves. O físico harmonioso, bem construído, com elegantes curvas e cauda fina e pontuda contribui para aumentar a sofisticação visual do aponte. Essa posição, também conhecida como amarrar a presa, é a mais clássica da caça esportiva. Ela acontece com o Pointer Inglês estático, olhando fixamente para uma ave, numa pose que simula a antecipação de um bote. Diante do quadro, a reação da ave é permanecer imóvel, atenta para fugir ao primeiro movimento do cão. Com isso, o caçador ganha tempo para se preparar para o tiro. 
Por ter sido usado no Brasil principalmente para a caça a perdizes, o Pointer Inglês é também conhecido em nosso país como Perdigueiro. 


Saiba mais adquirindo a edição 455 da revista Cães & Cia.

 

https://www.editoratopco.com.br/loja/caes-e-cia/categoria