Guia de saúde do filhote

04/06/2018 - 11:13

Listamos as orientações necessárias para que o seu mais novo amor tenha um desenvolvimento saudável

Tijana87/iStockphoto.com

Tijana87/iStockphoto.com

Eles são fofos, alegres, brincalhões, têm uma carinha irresistível e precisam de muitos cuidados por parte do tutor para que tenham crescimento saudável. Quando um filhote chega em casa, deve ser recebido com paciência, carinho e muita atenção. “Antes da Mona chegar fiz como uma mãe preparando o quarto do bebê. Comprei roupinhas, brinquedos, caminha, kit higiene, limpei e arrumei a casa, fechei janelas e retirei plantas e objetos perigosos de seu alcance”, lembra com ternura Luciana Panzetti Moliterno, de São Paulo, tutora de Monalisa, uma Cavalier King Charles Spaniel que hoje tem 8 anos. Depois de 10 meses da chegada de Mona, veio o Cavalier Michelângelo, hoje com 7 anos. “Dessa vez a casa já estava preparada para receber mais um cãozinho”, conta a tutora que não teve surpresas com seus dois filhotes. Já Aíssa Victoria de Paula Alencastro, de Hortolândia, SP, tutora da Buldogue Francês Cindy, de 3 meses, levou um susto ao dar a segunda dose de vacina. “Ela teve reação com fortes dores locais e hipertermia, não se levantava e achei que fosse algo grave”, conta Aíssa, que ficou aliviada quando a veterinária explicou que alguns filhotes podem manifestar esse comportamento. A seguir, as médicas-veterinárias Mônica Rossetto Garbellini de Paula, de Campinas, SP, pós-graduada em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais e proprietária da empresa Serum Support, e Renata Squarzoni, de Vinhedo, SP, sócia-proprietária do Grupo de Ensino em Oftalmologia Veterinária (GENOV) e proprietária do canil Lilies Castle, criadora de Cavalier King Charles Spaniel há 14 anos, listam os principais cuidados com filhotes.

Leia a reportagem na íntegra adquirindo o seu Top Cães 2018. Clique aqui.


https://www.caes-e-cia.com.br/loja/produtos/2571/aenurioe-toep-ces-2018