Mastiff: suave gigante

17/07/2018 - 12:33

Além de guardião, ele é um companheiro excepcional, que sobressai como cão terapeuta

Foto: Arquivo do proprietário (canil Whititera)/Cão: Midnight Blu de Whititera

Foto: Arquivo do proprietário (canil Whititera)/Cão: Midnight Blu de Whititera

Com seu físico impressionante de mais de 75 cm de altura e peso muitas vezes superior a 100 kg, o Mastiff exerceu na Inglaterra medieval a função de cão gladiador, enfrentando leões, ursos e seres humanos nos então populares e sangrentos combates de arena. Ainda no passado, foi utilizado como auxiliar de polícia, cão de guarda, de guerra e na caça a grandes animais, como javalis e lobos, destacando-se pela coragem e ferocidade. Diante de tal currículo, é surpreendente constatar que a raça, cuja aparência física pouco se modificou ao longo dos anos, seja utilizada hoje em diferentes partes do mundo em projetos de terapia canina, visitando escolas, lares para idosos e afins. “Ao longo dos anos seu temperamento foi suavizado enormemente, principalmente do século XIX em diante, por meio de acasalamentos selecionados, o que não o impediu de continuar sendo um ótimo guardião: a raça permanece muito atenta ao seu entorno e cuidadosa com sua família”, diz Charlotte Radondy, do canil Whititera, da França.

Leia a reportagem na íntegra adquirindo a edição 469. Clique aqui!


https://www.caes-e-cia.com.br/loja/