American Bully: você está preparado para ter esse cão?

04/09/2018 - 11:53

Com cara de invocado, ele se destaca pelo companheirismo

Arquivo canil GV Bullie

Arquivo canil GV Bullie

Quem vê de longe, imagina que esse baixinho musculoso não é dos cães mais carinhosos. Mero engano! Apesar da cara de invocado, o American Bully sempre se notabilizou pelo companheirismo. É uma característica marcante e exigida na raça. O traço é resultado da mistura de diferentes raças que foram utilizadas para sua criação.    

Desenvolvido nos Estados Unidos como uma extensão natural do American Pit Bull na década de 1990, o Bully, como também é chamado, teve a participação das raças Bulldog Americano, Bulldog Inglês e Olde English Bulldogge em sua formação. Agora também ficou mais fácil entender por que esse cão tem os músculos tão definidos, não? O principal fundador da raça, o criador norte-americano Dave Wilson, buscava um cão mais bully que terrier, após as várias restrições e proibições de criação de Pit Bulls que acontecerem nos Estados Unidos. O cão foi aceito oficialmente pelo United Kennel Club (UKC) em 2013 e, por isso, ainda sofre ajustes em seu padrão oficial.

Leia a reportagem na íntegra adquirindo a edição 470. Clique aqui!

https://www.caes-e-cia.com.br/loja/