Dogue de Bordeaux: protetor nato!

25/03/2019 - 15:45

Um dos mais antigos cães franceses, ele é, acima de tudo, um excelente guardião e um companheiro muito apegado ao dono

Foto: João Ramalho/Cão: Yelon/Proprietário do cão: João Luiz de Araújo Rangel (canil Molossos de Camargos)

Foto: João Ramalho/Cão: Yelon/Proprietário do cão: João Luiz de Araújo Rangel (canil Molossos de Camargos)

Atlético e imponente, o Dogue de Bordeaux típico possui de 58 a 68 cm de altura e pesa cerca de 50 quilos. “É um cão de muita potência, construção sólida e cabeça poderosa”, destaca Sylviane Tompousky, presidente da Société des Amateurs de Dogues de Bordeaux, da França. Trata-se do país de origem da raça que, no passado, foi utilizada na caça de grandes animais (como o javali) e em combates com touros e ursos. “Descende de um cão de caça que foi descrito no século XIV como detentor de uma mordida mais forte do que a de três lebréis juntos”, relata João Luiz de Araújo Rangel, do canil Molossos de Camargos, de São João Del Rei, MG.

 

Essa aparência poderosa tem se mantido ao longo dos anos e lhe confere um aspecto muito dissuasivo, importante para outra de suas funções originais, a guarda. “Ele está sempre atento e disposto a zelar pelos seus entes queridos”, comenta Luciana Ferreira, do canil paulista Soll Vermelho.

 

Confira esta matéria na íntegra adquirindo a edição 477. Clique aqui!

https://www.caes-e-cia.com.br/loja/