Basset Hound: calmo e gentil

05/07/2019 - 10:42

Mais conhecido como cão de companhia pelo mundo afora, ele tem suas origens na caça, função na qual ainda é particularmente eficaz

Foto: arquivo do criador do cão (canil Jardim dos Hounds)/Nome do cão: Darth Vader Du Jardim dos Hounds

Foto: arquivo do criador do cão (canil Jardim dos Hounds)/Nome do cão: Darth Vader Du Jardim dos Hounds

A irresistível aparência do Basset Hound e seu temperamento afável são os principais responsáveis pelo sucesso desse cão como companheiro da família. Mas esse visual foi moldado para a caça, sua função original. As pernas curtas, desenvolvidas propositalmente para permitir que o caçador mais pobre e que não possuísse cavalos seguisse sua matilha de caça com facilidade, o mantém baixo em relação ao chão, o que lhe possibilita, entre outros, rastrear a pista com vegetação rasteira densa. “Além disso, suas barbelas e rugas retêm o cheiro da presa, a pelagem oleosa não adere à lama e a detritos, a cauda funciona como uma bandeira para o caçador seguir e o latido rouco se desloca bastante pelo ar, o que também é um importante sinalizador durante a busca”, explica Cynthia Miller, do canil Rapscallion Bassets, nos Estados Unidos, onde se pode ainda hoje testemunhar performances desse cão na caça.

 

“Justamente para essa finalidade os primeiros Basset Hounds foram, em 1883, importados pelos Estados Unidos da Inglaterra, país onde a raça foi desenvolvida”, relata o francês Gilles Garlaschi, que escreveu o livro Le Basset Hound de chasse (tradução: O Basset Hound de caça).

 

Confira esta matéria na íntegra adquirindo a edição 480. Clique aqui!

https://www.caes-e-cia.com.br/loja/edicao-480-julho-2019-pug-pastor-alemao-270