Pastor Holandês: disposição para qualquer trabalho

02/12/2019 - 13:55

O público brasileiro ainda está descobrindo esse cão, que se destaca por atuar junto de seu dono em muitas tarefas

A raça lembra um Pastor Alemão, mas de cor tigrada e um pouco menor e mais leve: tem de 55 a  62 cm e de 23 a 28 kg

A raça lembra um Pastor Alemão, mas de cor tigrada e um pouco menor e mais leve: tem de 55 a 62 cm e de 23 a 28 kg

O Pastor Holandês nos remete à rusticidade dos lobos. “Bem familiarizado com a vida ao ar livre e as variações climáticas, sua resistência à fadiga é diferenciada entre os cães de trabalho”, conta Jefferson Marques, do canil Patas Pretas, de Campos dos Goytacazes, RJ. 

Assim como seu ancestral selvagem, as fêmeas da raça podem apresentar um único cio ao ano. “As da variedade de pelo duro costumam entrar no cio a cada 10 ou 12 meses”, diz a holandesa Nellie Nugteren, presidente do Nederlandse Herdershonden Club, uma das duas associações especializadas na raça no país europeu. Até mesmo o primeiro Pastor Holandês incluído em um catálogo de exposição chamava-se Lobo, fato ocorrido em 1874. 

“Ser bastante motivado a interagir com o proprietário é uma das melhores aptidões do Pastor Holandês, que adora atividade e está sempre pronto e disponível para qualquer situação”, comenta Gustavo Fleury, do canil Cãofiança, de Florianópolis. “E, apesar de independente, ele gosta da companhia do dono, ao qual demonstra ser muito carinhoso, amoroso e fiel”, acrescenta o criador, que se dedica à raça há seis anos.

 

 Cor diferenciada

A raça foi desenvolvida por fazendeiros para conduzir gado, galinhas e ovelhas, função que desempenhava de maneira diferente em relação ao Border Collie: somente tinha que mostrar os limites para os rebanhos, mantendo-os longe das plantações e hortas. Também alertava a presença de estranhos na propriedade.

 

 

https://www.caes-e-cia.com.br/loja/edicao-484-dezembro-2019-pequeno-lebrel-italiano-american-pit-bull-2746.html