Bull Terrier: do quintal para dentro de casa

06/10/2014 - 12:13

A “carinha de mau” e o jeitinho enérgico do Bull Terrier aumentaram o número de amantes da raça

Medusa, de Mairani Cristovam Foto: Arquivo pessoal

Medusa, de Mairani Cristovam Foto: Arquivo pessoal

Se há alguns anos cães com “cara de mau” ficavam restritos aos quintais, atualmente estão ganhando espaço dentro das casas e mostrando aos tutores que são tão carinhosos e companheiros quanto as raças de colo, tidas como de companhia. 

Em 2008, a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) registrou 704 exemplares de Bull Terrier no Brasil. Já em 2013, o número subiu para 1.369, ou seja, um crescimento de 48,5% em cinco anos. Isso mostra que a raça, com sua típica cabeça longa, oval e com focinho inclinado para baixo, está se aproximando cada vez mais  dos amantes dos peludos. Saiba mais sobre esse cão que é um eterno brincalhão.  


Saiba mais adquirindo a ediçãao 56 da revista Cães Amigos através do link abaixo.


 


 

http://www.caesamigos.com.br/2014/nossas-revistas