Jack Russell Terrier: monotonia zero

Categoria: Jack Russell Terrier

Autor(a): Fabio Bense e Marcos Pennacchi | 25/11/2014 - 16:00

Divertido e esperto, ele tira os donos da zona de conforto

Jack Russell de pelagem quebrada: pelos sedosos

Jack Russell de pelagem quebrada: pelos sedosos

Compacto, cheio de vitalidade (bota vitalidade nisso!) e determinação, o Jack Russell conquistou nos últimos anos um espaço digno de nota. Saltou de apenas 43 registros em 2003 para 1.033, em 2013, na Confederação Brasileira de Cinofilia, tornando-se a 23ª raça canina mais popular do Brasil. “No começo da década passada, nem mesmo os juízes das exposições o conheciam”, diz o criador de Jack Russells Sérgio Pereira, do canil Romany Storm, de Piraquara, PR. Há países em que a popularidade do Jack Russell é ainda maior, caso da Itália (5º colocado) e do Japão (15º mais popular).

Irradiante adrenalina

A raça tem despertado interesse especial no público jovem e entre adultos esportistas. “Faça chuva ou faça sol, é um companheiro incansável para caminhadas, passeios a beira-mar e nas montanhas”, afirma a criadora Fernanda Macedo, do canil Endless Summer, do Rio de Janeiro. 

Alegria

A capacidade do Jack Russell para se meter em situações inusitadas, com sua curiosidade e entusiasmo, acaba por proporcionar momentos divertidos. “Carlos gosta de subir na pia para beber água e para dormir; parece um Canguru com os pulos que dá para tirar algo da mão das pessoas e, diariamente, corre pelo apartamento em alta velocidade numa espécie de circuito que inclui subidas e descidas em móveis”, exemplifica Rebeca. 

 

Leia a matéria completa na edição 423 da Cães e Cia.