Como agir em caso de automutilação

Categoria: Aves

Autor(a): Yuri Domeniconi | Colaborador(es): Jornalismo Editora Top.Co | Cidade: Campinas | 04/12/2014 - 15:32

Conheça melhor este comportamento bastante comum em aves caseiras e saiba como tratá-lo

Arrancamento de penas: h·bito frequente em aves mantidas em cativeiro Foto:iStock / jezdicek

Arrancamento de penas: h·bito frequente em aves mantidas em cativeiro Foto:iStock / jezdicek

Limpar as penas, uma por uma, diariamente, é um hábito natural das aves. Mas, se o comportamento for repetitivo demais, com frequência e intensidade maiores que as típicas da espécie, deixa de ser normal. Nesse caso, é bem provável que esteja ocorrendo falha de manejo, o que torna necessário identificar a causa bem como providenciar correção.

Nos zoológicos, quando há animais em jaulas pequenas demais, é comum vê-los andar insistentemente de um lado para o outro ou balançar a cabeça sem parar, por exemplo. São os chamados comportamentos estereotipados, movimentos repetitivos associados ao transtorno obsessivo compulsivo (TOC). Eles podem aparecer em qualquer idade, geralmente ligados a um evento traumático ocorrido com o animal ou a alguma condição fisiológica ou ambiental inadequada.