Perfis de três Chihuahuas mantidos como membros de família

Categoria: Chihuahua

Autor(a): Marcos Pennacchi e Fabio Bense Marcos Pennacchi e Fabio Bense | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas - SP | 23/02/2015 - 11:49

A vida com este pequeno mexicano

Johnny / Canil Aldeia dos Chihuahuas

Johnny / Canil Aldeia dos Chihuahuas

Três Chihuahuas adultos foram avaliados no dia-a-dia por seus donos. Os exemplares escolhidos são todos de boa criação, acostumados ao convívio com famílias humanas. As características deles estão apresentadas em ordem decrescente de intensidadeda graduação “muito alta” para “muito baixa” (veja quadro Bases desse estudo). Ainda que três indivíduos não representem a raça como um todo, as informações obtidas tornam-se valiosas considerando-se a representatividade dos espécimes escolhidos, todos com pedigree e com pelo menos um parente próximo com título em exposições.

 

Graduação muito alta 

Poder de atração à primeira vista 

Ele é bastante conhecido pela população, mas, por ser minúsculo, atrai muito interesse. “As pessoas chegam a ser inconvenientes de tanto que perguntam se Valentina ainda vai crescer ou se podem acariciá-la”, comenta Marina. “Pablo sai comigo na bolsa, apenas com a cabecinha e as patinhas para fora, e recebe pelo menos três ou quatro elogios”, exemplifica Bárbara. “Luma também chama muita atenção”, reforça Vanessa.

 

Apego ao dono 

Os Chihuahuas investigados se mantêm sempre próximos às donas. Bárbara detalha: “Pablo me acompanha até quando tomo banho, postado perto do chuveiro.” E Marina acrescenta: “Valentina faz xixi de emoção quando volto para casa.”