Refúgio: um auxiliar do aquário marinho

Categoria: Aquarismo

Autor(a): Igor Albergaria | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas - SP | 05/12/2016 - 11:37

Ele permite aprimorar a filtragem, gera microrganismos que reforçam a nutrição dos habitantes do aquário e ajuda a aumentar a resistência dos peixes recém-adquiridos

 iStock/© LagunaticPhoto

iStock/© LagunaticPhoto

Interligado ao aquário marinho, o refúgio caracteriza-se por complementá-lo usando a mesma água. Este anexo, além de ser um local calmo e livre de predadores, conforme sugere o nome, proporciona utilidades como melhorar a filtragem, fornecer micronutrientes e deixar em plena forma peixes recém-adquiridos, que costumam chegar com a imunidade debilitada por causa do estresse da mudança.

Benefícios
Uma das contribuições positivas do refúgio é favorecer o desenvolvimento espontâneo de microvidas, como copépodes e amphipodes, pequenos microcrustáceos. Sem a presença de predadores, esses microcrustáceos se multiplicam e, com a circulação da água, chegam ao aquário principal, onde servem de alimento para seus habitantes.