6 ensinamentos do aquarismo para a sua vida

Categoria: Aquarismo

Autor(a): Leopoldo Barreto | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas/SP | 06/02/2017 - 09:24

Já pensou em quanto você pode aprender ao lidar com um miniambiente do qual dependem os seres que lá vivem? Confira

iStock/©MandM_Photo

iStock/©MandM_Photo

Afirmo que os meus 22 anos de aquarismo me tornaram melhor. Vou contar um pouco do que aprendi sobre a vida graças à minha paixão por aquários. Muitas vezes, nem mesmo percebi os benefícios no momento do aprendizado, mas sem a prática desse hobby provavelmente eu não teria chegado onde me encontro hoje.

1. Paciência

Quem ingressa no aquarismo, em geral não pensa que a atividade exige paciência. Comigo foi dessa forma. Ganhei aos 17 anos meu primeiro aquário, de 10 litros, de um colega. Com a impaciência de jovem e de principiante, montei depressa o aquário e fui coletar aqueles peixinhos dando “bobeira” no riacho. No mesmo dia, abarrotei o aquário com “barrigudinhos” de alguma espécie de Poecilídeo, sem nem mesmo esperar que a biologia do aquário fosse alcançada. Logo muitos peixes estavam pulando para fora e, claro, poucos dias depois a água cheirava a lagoa. Resultado? A primeira decepção: peixes morrendo e minha mãe reclamando do cheiro na sala.

Não sou de desistir facilmente. Tentei saber o porquê do fracasso e ouvi do meu guru no aquarismo, Mário Sérgio Cals, de Fortaleza, a palavra mágica para o sucesso: paciência. Entendi, então, que logo depois do amor pelo hobby é preciso saber esperar que o miniecossistema do aquário alcance equilíbrio biológico, independentemente da potência da filtragem.

Confira mais dicas na edição 452 da Cães & Cia.