Destaques caninos em competições

Categoria: Raças & Expos

Autor(a): Fabio Bense | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas/SP | 04/05/2017 - 12:32

Veja cães que foram destaque no mês de março de 2017

Vencedores do grau 3 standard: José Luiz Filho e Border Collie Bona/ Foto: Juliana Sales

Vencedores do grau 3 standard: José Luiz Filho e Border Collie Bona/ Foto: Juliana Sales

Veja cães que foram destaque no mês de março de 2017








Juliana Sales
Vencedores do grau 3 mídi José Luiz Filho e Border Collie Bina
 


Juliana Sales
Vencedores do grau 3 míni: Katia Cilene e Pastor de Shetland Nica
 
Agility
Campeões do mais alto nível
 
Eis os principais vencedores do 18º Campeonato Brasileiro de Agility. Trata-se das duplas ganhadoras nas categorias standard, mídi e míni do grau 3, o que reúne os percursos mais complexos e os competidores da mais alta qualidade. Elas conquistaram o direito de representar o Brasil no Campeonato Mundial de Agility, que neste ano acontecerá na República Tcheca, de 5 a 8 de outubro.
O torneio foi disputado por cerca de 130 duplas formadas por condutor e cão, de 7 Estados. Reuniu 17 raças, além de exemplares sem raça definida, e contou com apenas quatro etapas, sendo que a última delas aconteceu em 12 de março, em Araçoiaba da Serra, SP. “O campeonato foi mais curto nesta temporada, para incentivar a participação de duplas de outros Estados que, assim, tiveram seus custos reduzidos”, diz Katia Cilene, uma das vencedoras do grau 3, cujas outras duas categorias tiveram como campeão o condutor José Luiz Filho.
Desde 2009 um mesmo condutor não vencia duas categorias do grau 3 no certame. Junto da Border Collie Bona, José Luiz também se consagrou pentacampeão brasileiro na categoria standard. Foi a última competição oficial dele com Bona, que acabou de completar 9 anos. “Ela talvez concorra em algumas provas, mas com minha esposa como condutora”, conta José Luiz.
____________________________________________________________________________


Pastores Alemães
Trio de ferro
 
Esses três cães brilharam na edição 2017 do Campeonato Brasileiro de Criação do Clube Brasileiro do Pastor Alemão (CBPA). Eles obtiveram o 1º lugar na 1ª categoria, a mais importante por reunir espécimes já totalmente maduros, com mais de 2 anos. O evento ocorreu em 18 de março, em Teresópolis, RJ, e reuniu 101 exemplares da raça, de 11 Estados. “Mantivemos o nível de competição e qualidade dos anos anteriores”, afirma o presidente do CBPA, José Graça-Aranha. Como de hábito, os Pastores foram separados por categorias relacionadas não só à idade, mas também ao sexo e à variedade de pelagem: curta e longa.

Pelo curto


Mateus Tranm
Dominic von Haus Zipf
Macho, criação do canil Von Haus Zipf, de Blumenau, SC. Pertence ao canil Casa do Bosque, de Passo Fundo, RS.


Arquivo do canil Di Famiglia Cerri
Quartza do Vento Simun
Fêmea, criação do canil Vento Simun, de Araçariguama, SP. É de propriedade do canil Vale dos Cedros, de Cotia, SP.

Pelo longo


Arquivo do canil Di Famiglia Cerri
Ulisses da Casa Mariotti
Macho, criação do canil Casa Mariotti, de São Paulo. É de copropriedade de Leandro Simões com o canil Di Famiglia Cerri, de Atibaia, SP.