Como diminuir o choro noturno dos filhotes recém-chegados? Confira dicas simples!

Categoria: Convivência

Autor(a): Tantas | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas | 28/02/2018 - 09:55

Veja como fazer a adaptação do filhote ao novo lar proporcionando sensação de bem-estar, segurança e conforto

iStock/ Okssi68

iStock/ Okssi68

A chegada de um filhote ao lar costuma ser uma fase repleta de descobertas para os tutores e o jovem cãozinho. Um relato muito comum e que preocupa os tutores é dos episódios de choro noturno do cão durante os primeiros dias na nova casa.

“Os filhotes estão habituados a dormirem acompanhados de sua mãe e irmãos, por isso quando chegam ao novo lar é comum que esses animais apresentem algumas mudanças comportamentais, como o choro noturno, afinal estão sozinhos e um ambiente diferente, explica a médica-veterinária e gerente de produtos da Ceva Saúde Animal, Priscila Brabec.


iStock/ cynoclub

O problema ocorre principalmente porque os animais se deparam com um ambiente desconhecido, com cheiros, sons e locais  completamente diferentes daqueles aos quais ele estava habituado. Isso acaba gerando uma série de sensações como medo, ansiedade e insegurança. “O choro é a forma que o animal encontra para expressar essas sensações de desconforto”, comenta Priscila.

Como diminuir o choro?

O choro pode ser minimizado com alguns cuidados, como criar um ambiente onde o cão se sinta à vontade e seguro. Para auxiliar nessa fase de adaptação, os tutores também podem apostar no uso de produtos análogos ao odor materno canino, que proporcionam a sensação de segurança e bem-estar ao filhote

Durante a amamentação, as cadelas produzem um odor específico que transmite conforto e segurança aos cães. Assim, um produto que reproduza esse odor em conjunto com um ambiente seguro e confortável irão auxiliar na adaptação do filhote ao novo lar e na diminuição do choro noturno.