Xixi da alegria: Cães que urinam quando ficam empolgados

Categoria: Convivência

Autor(a): Samia Malas | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas | 22/03/2018 - 09:23

Seu cão não consegue conter o xixi quando você chega em casa? Veja como corrigir esse problema

iStock/ Fly_dragonfly

iStock/ Fly_dragonfly

Pergunta enviada pela leitora:

Tenho uma cadela que me recebe com um xixi quando volto do trabalho. É o que chamamos em casa de “xixi da alegria”. Queria saber por que ela age assim e se tem algo que eu possa fazer para que ela não urine quando fica contente.

Mariana Gonçalves,

Belo Horizonte. 


iStock/ nadisja



 

Paulo Delandes: Olá Mariana, primeiramente, é essencial sabermos a idade dessa cadelinha. Se for filhote com menos de 5 meses, esse comportamento pode ser normal, já que ela ainda não é madura o suficiente para controlar eficientemente a saída de urina. Quando cães estão excitados, realmente pode escapar uma pequena ou até muita quantidade de xixi. Se for  adulta, ou seja, com mais de 1 ano, seria interessante descartar causas médicas de incontinência urinária com um médico-veterinário antes de qualquer coisa. Também existe a possibilidade de ser um xixi por medo, principalmente se a cachorrinha já levou broncas no momento em que chegam em casa, por alguma bagunça que ela tenha feito quando estava sozinha, ou até mesmo por ter urinado. Se esse for o caso, precisam parar com as punições e procurar um profissional que os oriente sobre como recuperar a confiança dela em vocês. Mas se não houver causa médica e se nunca puniram a cadelinha na chegada, aí sim podemos pensar no xixi por excitação. Esse comportamento, que não deixa de ser um misto de ansiedade com felicidade, pode começar desde filhote e ser levado para a vida adulta se nada for feito. Nesse caso, sugiro que a ignorem assim que chegarem em casa até que a excitação dela cesse, o que, em alguns casos, pode demorar. Cães ficam excitados, latem, choram, e podem até pular nos donos para chamar a atenção deles. Só deem atenção falando ponderadamente com ela quando estiver mais calma. Seria interessante também ensiná-la a sentar para ganhar atenção. Então, quando chegassem em casa, esperariam ela ficar calma e sentada (sob comando) antes de lhe dar atenção.



Paulo Deslandes é médico-veterinário e consultor em comportamento canino e felino, de Vitória-ES