Gastrite em cães: sintomas e tratamento

Categoria: Educação/ Consultório

Autor(a): Total Alimentos | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas | 24/08/2018 - 11:21

Seu pet pode estar sofrendo de gastrite canina. Veja como ajudá-lo

iStock/ PhilStev

iStock/ PhilStev

A gastrite em cães é um problema de saúde que causa muita dor, vômitos e não permite que os alimentos sejam digeridos adequadamente. Muitas vezes, esse distúrbio gastrointestinal é ocasionado por outras doenças, como alergias alimentares, infecções renais, pancreatite e câncer. Também pode ser causada por outras questões, como rotina alimentar inadequada, ingestão de determinados produtos químicos agressivos, vírus, parasitas, bactérias e determinados medicamentos.

“Essa doença canina é caracterizada pela inflamação da mucosa que reveste o estômago. Pode se apresentar de forma aguda (repentina e rápida) ou crônica (aparece lentamente e leva mais tempo para se resolver)", explica a médica veterinária da Equilíbrio e coordenadora da comunicação científica da Total Alimentos, Bárbara Benitez.

iStock/ Chalabala

Estar atento aos primeiros sintomas é fundamental para evitar o avanço do problema que causa muita dor e incômodo ao animal.

 

Quais os sintomas da gastrite em cães?

Vômito e dores abdominais são os principais sintomas da gastrite em cães, mas outros sintomas também podem aparecer. Sempre que notar algum deles, não hesite em procurar um veterinário para fazer o diagnóstico correto do problema. Saiba quais os sintomas:

  • vômitos frequentes podendo ter sangue;
  • dor abdominal;
  • perda de peso;
  • cachorro não quer comer;
  • diarreia.

iStock/ GlobalP

Raças de cães com predisposição à gastrite canina

Além dos agentes causadores da gastrite canina que já citamos, as raças de cães pequenos, miniaturas ou braquicéfalos apresentam predisposição para o desenvolvimento do distúrbio. Conheça algumas dessas raças para ter atenção redobrada caso tenha uma delas em casa:

  • Bulldog;
  • Maltês;
  • Shih Tzu;
  • Lhasa Apso.

Alimento para cães com gastrite

“O diagnóstico e o tratamento só podem ser feitos por um veterinário e, em casos crônicos, é fundamental um acompanhamento bem próximo. Uma das principais questões que envolvem o tratamento da gastrite é a alimentação dos cães, que deve ser adequada para evitar sobrecarga do sistema digestivo que já está debilitado”, orienta a médica veterinária da Equilíbrio.

Para a nutrição do animal durante o tratamento, o veterinário irá indicar uma ração desenvolvida com ingredientes que facilitem a digestão sem deixar de oferecer todos os nutrientes e vitaminas que o seu animal de estimação precisa para as suas atividades diárias.

“A proteína vegetal hidrolisada, por exemplo, tem alta digestibilidade, e o FOS e MOS são ingredientes importantes na recuperação e na manutenção da saúde intestinal”, acrescenta Bárbara.