Receita contra o cheirinho ruim

Categoria: Comportamento

Autor(a): Júlio Mangussi | Colaborador(es): Jornalismo TopCo | Cidade: Campinas | 02/08/2019 - 13:31

CASA CHEIRANDO CÃO: UM CONJUNTO DE AÇÕES PERMITE ELIMINAR O ODOR

Stockphoto.com/© monkeybusinessimage

Stockphoto.com/© monkeybusinessimage

Você̂ vem ouvindo comentários do tipo “que cheiro de cachorro!”, feito por gente que entra na sua casa? Ou você̂ próprio tem sentido o odor? Se isso estiver acontecendo, aqui vão algumas orientações que ajudarão a fazer o cheirinho de limpeza voltar a imperar em seu lar.

CÃO CHEIROSINHO

Antes de tudo, é bom levar em conta que os cães tem odor característico deles. A humanização do animal não deve chegar a ponto de deixá-lo permanentemente com cheiro que nada tem a ver com a espécie.

Uma das possíveis causas de mau odor em cães pode ser sujeira acumulada na pelagem, como é o caso de partículas de urina e fezes próximas à cauda. “Em casos como esse, um bom banho com xampu resolve o problema”, comenta o médico-veterinário e esteticista animal Sérgio Murilo Villasanti, de Campinas, SP. Cuidado apenas para que, durante o banho ou depois dele, não seja aplicado produto que deixe o cão excessivamente perfumadoA intensidade do cheiro pode incomodar muito o animal, já́ que a espécie canina é conhecida pelo faro incrivelmente apurado. “Já́ vi vários cães espirrarem por estarem perfumados demais”, testemunha Villasanti.

Uma importante causa de odor forte é umidade na pele. A responsável por isso costuma ser má́ secagem do cão depois que se molhou no banho, na chuva ou na piscina, por exemplo. “A pele úmida cria ambiente propício para a proliferação de fungos e bactérias causadores de cheiro ruim”, lembra o profissional. “É necessário, portanto, que a pele do cão seja mantida seca, e não somente o pelo”, reforça.

AMBIENTE SEM ODOR

A higiene dos locais por onde o animal circula é outra peça-chave na luta contra odores caninos dentro de casa. O principal é retirar a poeira e os pelos deixados pelo cão, passando aspirador em todos os ambientes por onde ele circula, sem esquecer dos carpetes, tapetes e sofás, e nem mesmo dos cantos dos cômodos.

E CHEIRO DE XIXI?

Em caso de cão que urina ou defeca em lugar errado, eliminar completamente o odor de xixi e das fezes no local é uma das técnicas usadas para evitar a repetição do mau hábito.

Muitas vezes, porém, por mais que se limpe o local com os produtos de limpeza rotineiros, o cão continua a utilizá-lo. É comum que isso aconteça porque o cheiro de urina ou fezes continua lá́, mesmo que de maneira sutil, mas perceptível pelo cão. O motivo é que a maioria dos desinfetantes usados no dia a dia não quebram as moléculas que servem de referência para o olfato canino.

A solução está no uso de produto de limpeza contendo composto enzimático. A higienização é feita com microrganismos que decompõem as partículas de urina e fezes, o que elimina por completo seus odores. Mas não basta que o rótulo da embalagem prometa eliminar todos os cheiros. É preciso que o produto contenha composto enzimático. Para a aquisição desse detergente, visite um pet shop. Em caso de dúvida, busque orientação de um veterinário, para que ele indique as marcas adequadas para essa finalidade.

RECEITA CASEIRA ANTIODORES EM TECIDO

Uma prática mistura caseira para tirar o cheiro de cão dos tecidos em geral e ainda deixá-los com um agradável perfume suave é sugerida pelo médico-veterinário Diego Meireles, de Uberlândia, MG. A composição, elaborada com ingredientes simples e fáceis de encontrar, pode ser borrifada sobre sofás, almofadas, camas de cachorro, cortinas, travesseiros, cobertores, roupas e outros tecidos em geral. A mistura tira o mau cheiro e ainda deixa os tecidos com o perfume do amaciante. É importante

seguir as proporções sugeridas, para não prejudicar o desempenho da mistura. “Bicarbonato em demasia deixará resíduos, excesso de amaciante fará a mistura ficar um pouco sebosa e muito vinagre produzirá cheiro forte”, exemplifica Diego. Ingredientes:

• 1 litro de água
• 1⁄2 copo de vinagre de álcool
• 1 colher (de sopa) de bicarbonato sódio
• 1⁄4 copo de álcool
• 1 colher (de sopa) de amaciante

 

Agradecimentos:
Diego Meirelles
, médico-veterinário com especialização em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais. www.provetuberaba.com.br;
Sérgio Murilo Villasante, médico-veterinário, esteticista animal e juiz internacional na área de estética canina (IJA), www.sergiomurilovillasanti. com.br